A INTELIGÊNCIA DA COLABORAÇÃO

Com Rubens Bresciane, Adriana Toledo e Ana Beatriz Lucente

Um processo de aprendizagem para equipes mais colaborativas

A Colaboração é, hoje, um ‘objeto de desejo’ de 8 em 10 startups e, também, de muitas outras organizações.

Se a colaboração parece ser a solução para os nossos problemas e se o futuro é colaborativo,
por que, então, falhamos tanto em colaborar?

LIDERANÇA

Por que mesmo líderes bem treinados não estruturam 
 equipes colaborativas?

EQUIPES

Porque parece ser mais fácil competir do que colaborar?

ESTRATÉGIA

Nossas equipes sempre foram motivadas a competir entre si, como transformar esse cenário em relações de colaboração?

AMBIENTE DE TRABALHO

Temos a instrução de criar um ambiente de trabalho colaborativo, mas não conseguimos. O que fazer?

A partir de nossas próprias experiências colaborativas, inclusive na casa Laboriosa 89, percebemos que a colaboração não acontece porque um líder quer ou determina que seja assim, mas que existe uma construção físico-psico-social, uma trajetória a ser percorrida até se alcançar relações ou ambientes colaborativos.

Criamos, então, um processo para facilitar a colaboração de equipes aplicando ferramentas que já utilizamos com pessoas e organizações.

A INTELIGÊNCIA DA COLABORAÇÃO

CINCO ENCONTROS DE 4 HORAS CADA:

1º Encontro: O Eu, O Eu e o Outro

2º Encontro: A construção do processo colaborativo

3º Encontro: Colaboração para o objetivo comum

4º Encontro: As equipes como sistemas

5º Encontro: Vivendo em ambientes colaborativos

Assuntos abordados: autoconsciência, consciência da equipe, empatia, valores e necessidades pessoais e da equipe, diálogo, princípios sistêmicos.

 
GANHOS DO PROCESSO

Compreensão de como se dá a construção de relacionamentos colaborativos

Expansão da compreensão sobre a diferença entre colaboração e competição

Percepção  dos entraves para a colaboração e encaminhamento de possíveis soluções

Incorporação de novas ferramentas e do aprendizado sobre colaboração

QUEM PODE SE BENEFICIAR COM A INTELIGÊNCIA DA COLABORAÇÂO? 

Equipes de organizações privadas, públicas e do terceiro setor; equipes de projetos nos diversos níveis;  coletivos interessados em processos colaborativos.

Rubens Bresciane

Iniciador da HIPERTEMA, Rubens tem mais de 10 anos de experiência como Consultor e Constelador Sistêmico. É referência no assunto no Brasil, Cordenador Brasileiro da Especialização Internacional em Constelações Organizacionais e do CMM - Gestão Coordenada de Significado e Mediador.

Adriana Toledo

Arquiteta e com 25 anos de experiência em gestão de equipes e projetos, também é Consultora Sistêmica. Tem 22 anos de pesquisa em praticas meditativas, práticas de diálogo e escuta do corpo.

Ana Beatriz Lucente

Coach Ontológico e Sistêmico e Consteladora Sistêmica Organizacional. Engenheira de Materiais, atuou na indústria influenciando equipes e liderando projetos. Moradora de comunidade urbana em São Paulo.

 
 

ENTRE EM

CONTATO

whatsapp. 11 99983-6017

OU

SOLICITE

UMA PROPOSTA